44% dos brasileiros sofrem com problemas respiratórios

Realizada pelo Ibope, pesquisa nacional mostrou que as doenças respiratórias mais prevalentes são asma e bronquite crônica. A maioria dos brasileiros afirma que os problemas impactam de forma negativa

20 AGO 2015
Mulher segurando bombinha de asma

Uma pesquisa recém-divulgada pelo Ibope mostrou que 44% dos brasileiros apresentam sintomas de doenças respiratórias -- asma e bronquite crônica em sua maioria.

O trabalho, realizado com 2 010 brasileiros entre 18 e 65 anos, de todas as regiões do país, mostrou que a maior prevalência dos sintomas respiratórios (65%) se dá nos estados do Sul do país. O pneumologista e professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Clystenes Odyr Soares, atribui esse dado ao clima da região, caracterizado por invernos mais rigorosos e secos, em comparação com os outros estados. "Temperaturas mais baixas associadas com pouca umidade relativa do ar são consideradas um risco para a funcionamento do aparelho respiratório", explica o médico.
Um dado curioso e preocupante apontado pelo levantamento é o fato de que apesar de 91% dos asmáticos considerarem que sua doença está "controlada", 72% afirmaram que a doença impacta de forma negativa em suas atividades cotidianas, como praticar exercícios físicos (74%), respirar (64%), dormir (53%) e trabalhar (45%).

A percepção da gravidade da doença foi maior entre as pessoas que dizem tratá-la. "Esse levantamento nos alerta para a percepção equivocada que os pacientes têm em relação aos sintomas respiratórios. E, consequetemente, podem não receber a avaliação médica adequada", disse Soares.

Fonte: Veja
Copyright ©2015 | Viver Bem - Home Care