Câncer de endométrio e obesidade

05 JAN 2017
Câncer de endométrio e obesidade

A incidência e a mortalidade associadas ao câncer de endométrio cresceu com a epidemia mundial de obesidade, mas a conscientização dessa associação ainda não está muito consolidada.

A mortalidade específica pela doença mais que dobrou em mulheres com índice de massa corporal (IMC) de 30 a 34,9 kg / m2 e aumentou seis vezes em associação com um IMC> 40 kg / m2. A mortalidade por todas as causas aumentou, assim como dois terços das mortes entre mulheres com câncer de endométrio em estágio inicial morreram por causas relacionadas à obesidade. Impulsionado pela prevalência de obesidade em mulheres, a incidência de câncer de endométrio nos Estados Unidos deverá aumentar em 55% de 2010 para 2030.

Apesar da clara evidência de contribuições da obesidade para o risco de câncer endometrial, quase 60% das mulheres, em uma pesquisa publicada, não sabia que a obesidade aumenta o risco de desenvolver câncer de endométrio, segundo o estudo publicado na versão on-line do Journal of Clinical Oncology.

"Como a obesidade entre as mulheres jovens continua a aumentar, oncologistas estão vendo mulheres mais jovens com câncer de endométrio", observaram os autores. "Isso afeta a gestão clínica em termos de consideração para a conservação do ovário no momento da cirurgia e os tratamentos de uso de fertilidade."

Os autores acreditam que deva haver, em última análise, maior consciência pública sobre a associação entre obesidade e câncer de endométrio.

Fonte: Abeso
Copyright ©2015 | Viver Bem - Home Care