Medicação para câncer de pele é aprovada

28 NOV 2016
Melanoma é um tipo grave de câncer de pele devido à possibilidade de metástase

O tratamento do melanoma avançado, um tipo menos frequente, porém mais agressivo de câncer de pele, ganhou um reforço. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou, na semana passada, o Keytruda (pembrolizumabe). Em testes, a medicação se mostrou mais efetiva do que outras, como quimioterapia.

Nos EUA e em alguns países da União Europeia, o remédio também é utilizado para tratar câncer de pulmão de não pequenas células (o mais comum) avançado, câncer de cabeça e pescoço.

O pembrolizumabe é uma imunoterapia. O remédio é um anticorpo que ataca as células cancerígenas e não danifica as saudáveis. O tratamento com o remédio nos EUA custa cerca de U$ 12.500 por mês. No Brasil ainda não há valor estimado, que será determinado pela Câmara de Regulação dos Mercados de Medicamentos.

Melanomas se apresentam como manchas ou nódulos na pele. A exposição ao sol é uma das causas da doença. Hoje, o tratamento ocorre via cirurgia, radio ou quimioterapia e imunoterapia.

Copyright ©2015 | Viver Bem - Home Care