O peso dos hábitos no envelhecimento

Teste reforça a ideia de que 75% da longevidade está relacionada aos hábitos. Apenas 25% aos genes.

19 JUL 2017
O peso dos hábitos no envelhecimento

Genética: informação ou condenação? Nada melhor do que estudar irmãos gêmeos para ter a resposta. Um teste com duas irmãs de 55 anos. Uma vive na cidade grande e a outra em fazenda. Elas têm a mesma herança genética, mas os testes mostraram que a irmã que vive na fazenda é, biologicamente, dois anos mais jovem. O teste reforça a ideia de que 75% da longevidade está relacionada aos hábitos. Apenas 25% aos genes. O geriatra e cardiologista Roberto Miranda explicou o peso dos hábitos na nossa idade biológica – a que realmente conta – independentemente dos aniversários.

Os genes influenciam bem menos na saúde que o meio ambiente. O meio pode mudar o funcionamento dos genes e levar a muitas alterações. Tudo que não está no nosso DNA é chamado de fator externo ou ambiental. Por isso, é preciso prestar atenção a esses fatores. São eles: dieta, exercício físico, estresse e poluição.

Hábitos ruins prejudicam o DNA. E o estresse é um deles. Crie ambientes e hábitos saudáveis. Coma alimentos com vitaminas e antioxidantes, faça atividade física e diminua os níveis de estresse.

Como você gostaria de envelhecer?

Uma das chaves da longevidade está em nossos músculos. Exercícios físicos ajudam a manter a massa muscular no decorrer da vida.

Uma universidada na Alemanha investigou quais seriam as melhores práticas. 40 voluntários foram divididos em 2 grupos. Metade fez aula de dança. Outra metade foi pra academia pedalar, correr ou nadar. Fizeram tudo isso 3 vezes por semana por 6 meses. Então os cientistas avaliaram o impacto dessas atividades: o exame de sangue detectou substâncias que os músculos liberam que indicam o quanto os músculos cresceram. Ao final dos 6 meses, os voluntários estavam com os músculos mais fortes, mas os dançarinos se saíram melhor. Ganharam 15% a mais de força muscular do que o outro grupo.

A sugestão é que cada um faça uma atividade física que dê prazer, assim você vai conseguir manter a regularidade do exercício.

Um teste bem simples vai te ajudar a descobrir se os seus músculos estão no caminho certo: Você tem que tirar os sapatos, ficar em pé e bem devagar com as pernas cruzadas ir descendo até se sentar no chão - sem ajuda dos braços, joelhos ou pernas. E ao levantar fazer o mesmo. Quanto menos tocar no chão com essas partes, melhor.

Copyright ©2015 | Viver Bem - Home Care